Sou gorda, não gordinha

Ô mania que este povo tem, né?

Vocês já perceberam que ninguém diz que o outro tá gordo? Não, ela não está gorda. Ela está gordinha.

Já observaram que sempre que alguém se refere a um ser que está acima do peso, pouco ou muito, não importa, qualquer referência a esta criatura passa a ser no diminutivo?

Por que, hein?

Fico possessa com isto.

Prá mim, estes diminutivos não são nada mais nada menos que uma forma de minimizar um preconceito embutido.

Besteira grande.

Até porque, fora aquelas pessoas que não emagrecem por questões de saúde, e elas não são poucas, gordos em geral são gordos simplesmente porque gostam de comer, ora essa.

Gordo pensa grande.

Gordo não faz um lanchinho, faz um lanche. Gordo não toma um suquinho. Toma um suco. Gordo não come um chocolatezinho. Come uma barra inteira. E com muito prazer, obrigada.

Eu não sou gordinha. Sou gorda. E adoro sê-lo.

Eu gosto de comer.

Controlo meu colesterol, não faço exercício porque odeio com todas as letras, embora saiba que devesse fazer, mas faço o possível para me manter saudável. (com a idade, isto deve ser entendido como: na medida do possível).

Por favor, amiguinhos.

Parem com esta mania de usar as palavras sempre no diminutivo, como se diminuindo as palavras nosso tamanho fosse se tornar menor.

Permitam-me pedir que se refiram a mim conforme o meu tamanho. Não como se eu fosse uma PP. Eu sou GG, com toda honra.

Aliás, como diria meu príncipe, Grande e Gostosa.

Morram de inveja…

13 pensou em “Sou gorda, não gordinha

  1. Uau leu meus pensamentos,
    Passar por isso é horrivel
    na escola passaram a me excluir, meus pais amigos e pessoas ao redor me olhbam torto…
    sei que chorar nao adianta e nao me conformo com isso.
    as jah passei a me amar do0 jeito que eu sou e até jah arrumei amigos de verdade…
    isso que eu tenho 14anos…
    bjoo

  2. Oi Samy. Olha, tu ainda é bem novinha. Mas é importante o que falaste: “já arrumei amigos de verdade…”. Isto é importante. E mais importante ainda, tu te amas assim. Quando a gente se aceita, as coisas começam a fluir melhor. Se a gente se gosta e se valoriza, consequentemente, os outros passam a perceber que estamos bem, e começam a ver que somos legais. Gordos ou magros. Se a gente está bem com a gente, os outros passam a ver que não é o nosso corpo que determina o quanto somos legais ou não. Que o que determina isto é a nossa cabeça e o nosso coração. E que estes não tem tamanho. Tenha um pouquinho mais de paciência, como tens feito, que logo logo começarás a ver o resultado. Estou torcendo por ti. Beijão. Beth.

  3. tipow naum concordo muito…eu odeio ser gorda mas naum concigo emagrecer eu engordei um pouco mais q 10 kg em 2 meses fala serio meu…
    queo voutar aus meus 50 kg bhuaaaa

  4. Eu bem q queria me aceitar do jeito que sou. Pena q não consigo. Tenho 70 kg e 1 70 de altura. Nunca me considerei com. um corpo legal o suficiente

  5. Nem sei o que te falar. Com 1,70 e 70 kg vc deve estar perfeita. Corpo proporcional, penso. Será que alguém te falou algo que te entristeceu? Eu meço bem menos, e peso bem mais, e mesmo assim está tudo bem. Se tu quiser mandar um e-mail mais específico, manda e eu não publico aqui, tá bem? Beijão.

  6. Oi, eu realmente me sinto a prior criatura que existe.sou gordo minha alto estima esta péssima e um mundo que as criaturas só pesam no superficial,todos me olham como um et.Quero ficar dentro de minha casa e nuca sair.

  7. Olha, não sei quantos anos vc tem. Mas tentar se esconder só piora as coisas. Me mande mais alguma coisa sobre vc. Eu não vou publicar aqui o que receber, ok? Quem sabe daí a gente pode conversar um pouco melhor, né?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *