Máscara boa é a máscara que aumenta meus cílios

Hoje estava lendo um dos trocentos feeds que assino (feed é uma coisinha que a gente assina, clicando num íconezinho laranja que tem em algum lugar nos blogs, e que faz com que a gente receba os posts novos dos blogs que gostamos), quando me deparo com um tema que me chamou a atenção. Aliás, este tema SEMPRE me chama atenção, porque sou simplesmente fascinada por elas. Elas, as máscaras de cílios. Nosso querido e popular rímel. (a gente fala rímel, mas rímel é marca. tal como gilete, durex, e outros).

Pois bem. No post, a moça fala mais ou menos isso. Que o rímel tal é maravilhoso, curvou os cílios dela, alongou-os, deixou-os volumosos. OK. Mas como eu acompanho este blog há muito tempo, tenho conhecimento do tipo de cílios da mulher. Os cílios dela são naturalmente longuíssimos, curvadíssimos e volumosíssimos. Quer dizer, QUALQUER rímel fica bom nela. O que muda, simplesmente, é o fato de um secar mais ou menos rápido. Dar um pouco mais ou menos de volume. Borrar um pouco mais ou menos. E só. Todos os rímeis que ela testou até hoje deixaram os cílios dela bonitos, embora eles, ‘peladinhos’, já o sejam.

Quero dizer com isso tudo, que algumas pessoas deveriam pensar um pouquinho mais, sabem?  Talvez mostrar o efeito em outras pessoas, não sei. Ou observar que nela, NELA, o rímel ficou bom.

Mas daí a recomendar, dizer que funciona super bem, que é maravilhoso e tal, sem que tenha testado em alguém que, como eu, por exemplo, tem os cílios ralinhos, curtinhos e absolutamente retos, vai uma diferença. Porque estes blogs são bastante lidos, e daí a pessoa se entusiasma, compra o bendito, usa, e…tcham tcham tcham tcham…necas daquele efeito mágico.

Decepção total. Nadinha de nada.

Somente dinheirinho (ou dinheirão) gasto à toa.

Estou pensando seriamente em começar a fazer estes testes aqui, sabem? Será que ajudaria o povo de mais de 50 anos? Já que tenho 54 anos, pele mais envelhecida e todas aquelas consequências clássicas da menopausa?

Acho que vou tentar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *