Internet para atrapalhados

Já falei que agora estou no twitter também.

Por enquanto só observando o comportamento do povo. Lendo o que e como escrevem.

São bem poucas adições, tô indo bem devagar. Aliás, bem devagarinho, mesmo.

É gozado, pessoas que a gente não conhece, nem sabe que existe (naturalmente) te pedem a adição.

Como sou meio chata, a primeira coisa que observo é como a pessoa escreve. Sem discriminação por causa do português, não. Eu aceito até o internetês. Só não aceito português muito errado. Sempre tenho a impressão de que, se alguém escreve muito errado, é porque também pensa muito errado. Coisa minha.

Mas o que interessa hoje é a internet. Ou tudo que podemos absorver de bom através dela. Como o orkut, por exemplo, onde a gente pode encontrar amigos ou conhecidos que não encontramos há muito tempo. Eu mesma já localizei pessoas que eu jamais poderia rever não fosse o orkut. Outra coisa é este tal de twitter. Li sobre ele, não entendi bulhufas, pedi a ajuda da minha filha, e hoje já começo a utilizá-lo.

Mas só pude fazer isto porque alguém com muita, mas muita paciência mesmo, conseguiu me colocar no ar. Foram passos explicados uma, duas, tres, até quatro vezes. Bem devagarinho. Passinho por passinho.

Se eu fosse me aventurar sozinha, teria sido impossível.

Por que, pergunto eu, quando aparece uma novidade na internet, não aparece alguém atrás com uma explicação simples, básica, para que nós, os lesadinhos, possamos usar as ferramentas?

Parece que hoje, tudo é pensado prá quem já entende bem de tudo na internet.

Mas e nós? Nós que não entendemos muito, como ficamos?

Eu tenho quem me ajude. Alguém, como já falei, com muita paciência. (ou muito juizo, talvez).

Mas, e quem não tem?

2 comentários sobre “Internet para atrapalhados

  1. Adorei a matéria, eu fiquei uns 5 dias procurando na internet o que era o Twitter para poder começar a utilizar, mas acredito ser mais uma ferramenta sem muita utilidade aparente, o bom é que conheci seu blog através dele e outros blogs tão bons quanto o seu. E realmente ver pessoas escrevendo muito errado não é comigo.

  2. Muito obrigada pelas palavras. Sobre o twitter, depois que a gente começa a se acostumar e filtrar quem vai seguir, fica muito, mas muito interessante mesmo. Acho que vale a pena tentar. Eu filtro bastante quem eu sigo, às vezes experimento 1, 2 dias, e dependendo de como a pessoa ou a empresa se comporta, mantenho ou não. Estou gostando muito. Espero falar contigo mais vezes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *